Tácticas

Táticas de Futebol 7

No mundo do futebol é bastante debatida a questão da utilização de sistemas táticos de jogo nos escalões de formação, sendo um dos aspectos mais importantes qual o sistema táctico para cada um dos escalões.

É fundamental que os alunos percebam que o futebol é um jogo de conjunto, em que todos os companheiros têm de saber o que fazer em cada momento do jogo, defendendo ou atacando, sendo possuidor da bola ou não.

O futebol 7 deve ser entendido como um banco de provas e duma formação mais completa, quase integral, que permita dotar cada jogador de uma ampla gama de conhecimentos técnico-tácticos e físico-psíquicos, que dificilmente vão conseguir no futebol 11.

Deve-se aproveitar os jogos para conseguir que os jogadores aprendam a desenvolver-se em posições diferentes de forma a complementar a suas carências de forma a compreender melhor as características de uma determinada posição. Porque não colocar um jogador ofensivo como defesa para melhorar a sua capacidade de sacrifício, de marcação e recuperação da bola? Porque não adiantar um defesa a zonas de ataque de forma a obrigá-lo a decidir em pouco espaço e tempo, dando a possibilidade de finalizar os ataques?

Quando estes jogadores passarem ao futebol 11 vão ter certamente uma versatilidade em termos futebolísticos superior a outros jogadores que apenas se especializaram numa determinada posição. É muito importante ter jogadores que saibam atacar e defender com qualidade, pois o futebol é ataque e defesa, e quantos mais jogadores tenhamos em campo que saibam trabalhar as duas situações maior é a possibilidade de ganhar jogos.

Existe, de facto, a necessidade de utilizar sistemas tácticos de jogo, mas sempre orientados para alterar duma forma rápida e eficaz um determinado estilo de jogo.

Sistema 1-3-3

Funcionamento

A distribuição mais normal deste sistema corresponde a 1 guarda-redes, 3 defesas e 3 avançados. Existem dois defesas laterais, podendo ter características ofensivas e defensivas, dependendo do nível físico-técnico-táctico dos alunos. Existe 1 defesa central, que actua livre de marcação para facilitar as coberturas dos seus laterais. Os avançados são dois extremos encostados às linhas, com boa velocidade, boa capacidade de centrar na área e boa capacidade de finalização dos ataques. O avançado centro de grande mobilidade na área e muita capacidade de remate.

Vantagens

  • Fácil e claro para explicar e desenvolver as funções de cada jogador
  • Favorece a amplitude e profundidade do jogo ofensivo da equipa
  • Potencia a realização de acções 1 para 1 nos avançados devido à grande distância que existe entre os colegas da equipa.
  • Atitude mais agressiva para recuperar a bola no início do ataque da equipa rival, pois os nossos três avançados estão situados muito próximo dos defensores contrários.

Desvantagens

  • Excessiva separação entre linhas e entre colegas, em ataque, favorecendo a possibilidade do contra-ataque dos adversários.
  • Pouco escalonamento ofensivo, que provoca um jogo fácil de defender pelo adversário quando não se ganham as situações de 1 para 1.

Sistema 1-3-1-2

Funcionamento

Este sistema teve a sua origem no 1-3-3. O objectivo principal é repartir melhor o espaço, atrasando a posição de um dos avançados até ao meio campo, equilibrando a linha defensiva com a ofensiva.
Assim, temos 3 defesas, 1 médio centro e 2 avançados. Existem dois defesas laterais, podendo ter características ofensivas e defensivas, dependendo do nível físico-técnico-táctico dos alunos. O defesa central actua com grande sentido das coberturas, e dando início ao jogo de ataque.
Temos então, uma linha nova, ocupada pelo médio centro, com capacidade para gerar o jogo ofensivo, bem posicionado, destacando-se por ser um bom distribuidor em curto ou largo, bom remate, facilidade de chegar à área e espírito de sacrifício para defender.
Os dois avançados terão de possuir grande mobilidade, facilidade de desmarcação, velocidade e alto nível de remate. Devem também colaborar no jogo defensivo de forma a dificultar o início do ataque adversário através da pressão sobre a bola.

Vantagens

  • Distribuição mais racional do espaço de jogo, permitindo um melhor escalonamento dos jogadores.
  • Redução das distâncias entre linhas de jogo e entre colegas de equipa.

Desvantagens

  • Jogo excessivo pelo centro do terreno pois não dispõe de laterais com sentido ofensivo.
  • O médio centro tem demasiado terreno a ocupar.
  • Exige um trabalho táctico maior para coordenar as acções colectivas, na componente ofensiva e defensiva.

Sistema 1-3-2-1

Funcionamento

Este sistema teve origem no 1-3-1-2, tendo como objectivo reforçar o meio campo, melhorando a distribuição do espaço e dos elementos nesse espaço de jogo.
Assim, teremos 1 guarda-redes, 3 defesas, 2 médios centros e 1 avançado.
Existem dois defesas laterais, podendo ter características ofensivas e defensivas, dependendo do nível físico-técnico-táctico dos alunos. O defesa central actua com grande sentido das coberturas, e dando início ao jogo de ataque.
Dados que existem dois médios, um deles terá funções mais defensivas e o outro com funções mais ofensivas, jogando um ao lado do outro.
O avançado deverá ter muita mobilidade, grande facilidade para desmarcações de apoio e de ruptura, bom nível para jogar de cabeça, boa velocidade e grande capacidade de remate.
Este sistema oferece uma maior solidez defensiva ao permitir que os elementos estejam mais juntos no terreno de jogo. É mais semelhante com o futebol 11, com dois laterais que se incorporam no ataque, dois médios centros com funções muito parecidas ao futebol 11, e um avançado que joga mais isolado.

Vantagens

  • Maior semelhança com o funcionamento táctico do futebol 11.
  • Melhor distribuição de espaços e elementos da equipa.
  • Melhora a eficácia defensiva.
  • Melhora a posse de bola pois não existem excessivas distâncias entre colegas.
  • Maior possibilidade de aproveitar espaços livres nos contra-ataques.

Desvantagens

  • Em situação de ataque, podem existir poucas ajudas ao avançado se este sistema de jogo não estiver bem automatizado.
  • Exige um maior trabalho táctico para coordenar as acções colectivas.
  • Está mais vocacionado para utilizar em alunos de 10-11 anos pois exige uma maior capacidade de assimilação de conceitos tácticos.

Sistema 1-4-2

Funcionamento

Este sistema teve a sua origem no 1-3-2-1, ao atrasar um médio centro para a linha defensiva
Utiliza-se para aproveitar a afinidade com o futebol 11, especialmente em equipas de índole defensivo, ou perante equipas contrárias muito superiores.
Temos, então, 1 guarda-redes, 4 defesas e 2 médios.
Os dois defesas laterais, com âmbito defensivo e ofensivo, permitem dar várias soluções de jogo, sendo que os defesas centrais actuam de igual forma ao futebol 11, isto é, com grande atenção às coberturas e dando início ao jogo de ataque, com boa colocação da bola, fortes no jogo aéreo e eficazes nos desarmes.
Um dos médios deverá ter funções mais defensivas e o outro funções mais ofensivas.

Vantagens

  • Maior semelhança com o funcionamento táctico do futebol 11
  • Maior solidez defensiva.
  • Muitas possibilidades de sair em contra-ataque.
  • Obriga a equipa contrária a rematar de longe muitas vezes, pois as zonas próximas da área estão bem ocupadas e defendidas.

Desvantagens

  • Necessita de um grande espírito de sacrifício tanto para defender como para atacar.
  • Tem de estar muito bem treinado o escalonamento ofensivo e defensivo para permitir uma boa fluidez de jogo e a incorporação dos jogadores nas zonas de remate.
  • Existe o risco de perder a bola rapidamente e passar a maior parte do tempo a defender.

Sistema 1-2-3-1

Funcionamento

Este sistema teve a sua origem no 1-3-2-1, ao adiantar um dos defesas para a linha de meio campo. Tem também grandes afinidades com o futebol 11, especialmente em equipas de características mais ofensivas, ou perante equipas contrárias muito inferiores.
Este sistema é uma boa aproximação para o 1-4-2-3-1 do futebol 11. Existe então, 1 guarda-redes, 2 defesas, 3 médios e 1 avançado.
Os defesas são dois centrais, com muitas capacidades para as coberturas, muito rápidos, com qualidades técnicas para iniciar o jogo de ataque, fortes no jogo aéreo e eficazes nos desarmes.
Os dois médios alas devem ser rápidos, com capacidades técnica e com facilidades de chegar à área contrária. O médio centro deverá ter todas as qualidades de um bom organizador de jogo e bom posicionamento táctico.
o avançado deverá ser muito veloz, com capacidade de desmarcação, com qualidades para segurar a bola e possibilidade de fazer também trabalho defensivo.

Vantagens

  • Grande semelhança ofensiva ao funcionamento do futebol 11, permitindo manter a posse de bola e fazer a progressão até à baliza contrária.
  • Maior agressividade defensiva pois permite pressionar com 4 jogadores o início do ataque da equipa contrária.
  • Maiores possibilidades de conseguir golo ao recuperar um grande número de bolas no campo contrário.

Desvantagens

  • Demasiado espaço livre entre os defesas e o guarda-redes. Exige um nível elevado de concentração pois necessita de uma grande intensidade de jogo.Um erro na pressão pode proporcionar facilmente um contra-ataque da equipa contrária com muitas possibilidades de golo, devido ao adiantamento das linhas de jogo ao tentar recuperar a bola.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: